O que é e Como Funciona o Carregamento Reverso? (Reverse Charging)

Você já viu algum vídeo por aí de um smartphone carregando o outro sem qualquer tipo de fio conectando os dois? Pois esse é o carregamento reverso.

Essa tecnologia sido apresentada por diversas fabricantes de dispositivos móveis. Contudo, muita gente tem dúvida sobre o funcionamento dessa inovação. E nesse post vamos explicar mais sobre o assunto. Confira!

Como funciona o carregamento reverso?

O carregamento reverso (reverse charging) funciona de maneira relativamente simples. Basicamente, é só encostar um aparelho no outro, tomando o cuidado para os pontos de transferência se encostarem diretamente.

Dessa maneira, é possível transferir a bateria de um smartphone para o outro. Um dos grandes diferenciais dessa tecnologia é o fato dela dispensar totalmente o uso de plugs e cabos.

Apesar de ser uma inovação que chama a atenção pela praticidade, é preciso ter em mente que assim como qualquer outra tecnologia ela possui seus prós e contras. E eles precisam ser levados em consideração.

Prós e contras do carregamento reverso

A reverse charging pode ser uma excelente alternativa. Contudo, é preciso levar em conta os contras delas antes de optar por um aparelho que tenha esse tipo de inovação.

Prós

Um dos principais prós dessa inovação é o fato de você conseguir ter uma fonte de energia para carregar o smartphone em situações emergenciais. Por exemplo, você está indo para casa, mas a bateria “morreu”, e agora você não consegue chamar um Uber.

Por meio dessa tecnologia é possível carregar parte da bateria para que seja possível solicitar o motorista por aplicativo. Além disso, o fato do carregamento reverso não necessitar de nenhum tipo de cabo ou equipamento extra, como é o caso do powerbank, também é um grande diferencial.

Contras

Essa tecnologia também tem seus contras e limitações. Alguns modelos em específico, por exemplo, não permitem que o carregamento seja feito se o smartphone que vai fornecer a energia estiver com menos de 30% de bateria.

Outro contra é que dificilmente você conseguirá uma carga de 100% no mesmo período de tempo se estivesse carregando na tomada. Isso porque, o carregamento reverso pode levar até quatro vezes mais tempo para transferir a energia.

Além disso, a transferência não é feita em uma proporção igual. Por exemplo, se o seu amigo despendeu 20% da carga do próprio smartphone para carregar o seu, não quer dizer que o seu aparelho vai receber essa porcentagem.

Pesquisas apontam que a perde de energia pode ser entre 30% e 80%. Agora, multiplique essa porcentagem por milhões de aparelhos do gênero usando a tecnologia.

O desperdício energético é altíssimo. E levando em conta que a preocupação com o meio-ambiente está cada vez mais forte e necessária, é preciso admitir que esse tipo de inovação não é a mais ecologicamente correta.

O carregamento reverso é uma tecnologia que pode oferecer muitos benefícios. Contudo, é importante ficar de olho no que os especialistas dizem sobre o uso dela. O ideal é usar essa inovação apenas em situações emergências, e não tornar o uso dela padrão.

Leia Mais:

Como Transformar seu Smartphone em um Android Go?

Como Recuperar Arquivos Apagados no Android?

Como Instalar e Usar o Android no PC?

Como Transferir Dados do Android para Iphone?

Como Rastrear o Celular com Android!

Top 3 Aplicativos para Assistir TV no Android!

Como Fazer Backup no Android e Não Perder os Arquivos?

Adicionar Comentário